Anônimos Famosos: “caí de paraquedas no Jornalismo e continuo vivendo”

Olha elaaa! Chegamos na penúltima entrevista do ano. A anônima famosa da semana é minha considerada e também colegada de profissão, torcedora do Caprichoso, já foi voluntária de vários projetos sociais, adora um carnaval, paga de doida, diz que tá até namorando agora (hahaha), é ela ANNIE Beatriz Pacheco, mais conhecida como Bia Pacheco. 

Que conselho você daria pra quem quer fazer Jornalismo?

Então, tenha certeza e vontade própria. Muitas pessoas vão tentar te desanimar, algumas situações podem te decepcionar, mas, se é o que você realmente sonha, corra atrás e nunca desista. O jornalismo é realmente encantador, mas não é glamour, você precisa trabalhar com paixão, com gosto, assim irá ter uma carreira promissora.

Você faz trabalhos voluntários, causas, né? Qual foi a cena ou história que mais doeu ver/ouvir?

A última ação que participei foi em um lar para idosos no são Raimundo, lá realizamos um amigo oculto e cada voluntário “adotou” um vovô para presentear, o meu afilhado não conversava muito, mas quando me despedi, ele perguntou meu nome, me deu um abraço e pediu para que voltássemos mais vezes pois ele se sentia sozinho e todos os amigos dele precisavam de atenção (e eu dei uma bermuda de presente, na hora mesmo ele foi no quarto e vestiu para me mostrar como ficou, chorei horrores).

Já teve que engolir sapo por conta da profissão na área?

Ainda não, graças a Deus todas as oportunidades que tive foram maravilhosas, mas, na verdade teve uma situação chata na primeira ligação que fiz para vender uma matéria, quando o rapaz percebeu que eu era nova no ramo, foi super grosso e desligou o telefone, mas eu levei numa boa, risos.

Ah! Diz aí quem é a Beatriz Pacheco 

Ai mana, sou péssima nisso, mas vou tentar. Beatriz Pacheco é uma mistura meio doida de calma e estresse, gosto de ajudar, mas, não gosto de pessoas mal agradecidas. Me considero muito extrovertida, adoro conhecer pessoas novas (meus amigos da faculdade até falam que eu conheço Manaus inteira), nunca gostei de ficar em grupos, sempre gostei de me enturmar e conhecer gente de todas as tribos.

Tá solteira, enrolada, amigada ou namorando?

Então, eu to namorando, conheci uma pessoa e recentemente começamos a namorar, inclusive, to feliz demais. BEIJO MORE.

Como você se vê daqui a cinco anos?

Eu nunca fui de pensar em futuro e nem planejar as coisas, “cai de paraquedas” no Jornalismo e continuo vivendo, então, não tenho uma visão do futuro, o que for pra ser, será.

Manda um recado pra quem você tem certeza que vai ler essa entrevista

Oi mãe (hahaha). O que sempre digo, seja voluntário, ame intensamente, não tenha medo de arriscar, não se incomode com o que pensam de você, viva sua vida sem medo de ser feliz.

Garantido ou Caprichoso?

CAPRICHOSO NÉ AMORE, LÓÓÓÓÓGICO, inclusive, melhor boi do festival!

Qual teu peixe favorito, mana?

Ai mana, eu não resisto a um tambaqui assado, chega a manteiga derrete.

2016 foi bom pra você?

Olha, eu não sei dizer, tive experiências profissionais inéditas, alguns momentos ruins, mas quem nunca, nera?

Já ficou com algum amigo?

Já mermo, aconteceu, não me arrependo e a amizade continua.

Deixa tuas redes sociais pra galera te conhecer melhor 😏

Primeiro o beijo, depois o atizapi (risos)

Fb: Beatriz Pacheco

Tt: biiapacheco_

Instagram: biiapacheeco

Posts que você pode gostar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>