Entrevista com Bernard Teixeira, novidades e projetos da PUMP para 2017!

Foto: arquivo/Instagram

Essa é uma daquelas entrevistas que dá gosto de fazer, quem é da área, sabe o que eu estou falando. O cara é visionário, já realizou vários eventos com recorde de público, não só em Manaus, como também em outras cidades ao mesmo tempo, sim, parece meio louco, né? QUASE trouxe o David Guetta para Manaus no ano passado, mas mesmo assim não vai desistir da ideia. Ele é empresário, está solteiro (atenção mulherada! hehe), bacharel em Direito e tem apenas 28 anos. Você com certeza já foi em algum evento da Pump ou foi convidado, né? Confere aí a entrevista exclusiva que eu fiz com Bernard Teixeira! Obrigado pela moral!

Aproveitar o feriadão no @abaresup com os amigos @alok e @romananovais pós #PumpBlackParty 💣💣💥💥

A photo posted by Bernard Teixeira – PUMP BRASIL (@bdct) on

Faz um balanço de 2016, número de público, atingiu as metas?

Alcançamos todas as nossas metas, conseguimos aumentar nosso público, nosso festival das cores, a PUMP Colors foi um sucesso em todo canto, em Manaus foi um público com milhares de pessoas na Arena da Amazônia, era uma meta nossa lançar esse número e fazer um evento na Arena e foi realizado, fiquei muito satisfeito com esse resultado. E a gente só tem a crescer, cada ano que passa, a gente cresce. A PUMP, ela vem se superando ano a ano, e a gente fica realmente muito satisfeito com o resultado e feliz com o público em si, porque realmente está correspondendo à marca, às festas, tá correspondendo ao nosso estilo de evento, e não para de crescer, isso que é importante ressaltar. 2016 foi um ano de muitas superações, muitos objetivos alcançados, nós fizemos seis eventos em Manaus, três eventos no Maranhão, três eventos no Pará, três eventos em Roraima, dois eventos no Piauí, 

Posted by PUMP Manaus on Thursday, November 3, 2016

 

Por que PUMP? Qual significado?

O nome PUMP em si não foi escolhido por ser PUMP. Eu estava procurando uma marca, um nome pequeno, um nome que se encaixasse em qualquer coisa, um nome fácil para as pessoas pegarem e ao ver muitos nomes, escolhi um nome americano chamado Pump que significa crescimento, bomba, explosão em inglês mas que na verdade não foi dado pela questão do significado do nome em si. Mas sim por uma questão de estética, de escrita do nome que me interessou desde o início. 

Já teve que engavetar algum projeto que não dependia somente de você?

“EU VOU SIM realizar esse show aqui em Manaus e estamos trabalhando para 2018” – Bernard

Com certeza, a gente tem vários projetos que infelizmente não saem do papel, sonhos e que não depende só da gente, como por exemplo eu queria ter trazido em 2016 o David Guetta para Manaus, não foi possível por questões de agenda do artista, por questões de local na cidade e de data, por questões de patrocinadores, enfim, porque um show desses é um mega show, é um show maior do que esses de sertanejo que tem no Brasil por exemplo, mais caro, então é muito difícil de fazer mas que eu ainda não desisti, e que EU VOU SIM realizar esse show aqui em Manaus e estamos trabalhando para 2018, é uma questão de tempo e oportunidade. 

Quais as novidades para 2017? Alguma atração internacional de peso?

Em 2017 muitas novidades, em Manaus dia 24 de fevereiro tem o PUMP Carnaval, que é o primeiro carnaval da Pump realmente eletrônico, vai ser uma super festa com dois artistas internacionais Kolombo da Bélgica, Sharam Jey da Alemanha e mais o Bhaskar, irmão do Alok, que vem estrear em Manaus, o Doozie que já é nosso dj residente que é de Santa Catarina, o Fran Bortolossi que é do Rio Grande do Sul e o DJ Claudinho Brasil, então essa é nossa novidade de início de ano é o nosso carnaval.

Em abril, a gente tá preparando o show do Vintage Culture, que é o maior artista nacional da atualidade, já veio em outras oportunidades mas agora está uma grande espera por ele aqui na cidade pra um grande festival em abril de 2017.

#Repost @bdct with @repostapp・・・Passei o natal junto com meu irmão @vintageculture e esse monstro mandou um recado pra Manaus.. EM ABRIL TEM PUMP COM VINTAGE CULTURE SAVE THE DATE @bdct @vintageculture

Posted by PUMP Manaus on Sunday, December 25, 2016

 

Em junho tem o Trance Magic Festival, que é nosso festival trance lá em Iranduba, na pista de arrancada, que é o maior festival de trance do Norte do País e que tá criando grande expectativa nas redes sociais, o pessoal tá esperando muito esse evento. 

O Maior Festival Trance da Amazônia estará de volta em 2017 ainda melhor, AGUARDEM! #trancemagicfestival #tmf2016 @trancemagicfestival 👽👽

Posted by PUMP Manaus on Thursday, January 5, 2017

 

Em julho, a gente deve fazer um Boat Party, nós vamos fazer uma festa com as próprias lanchas no meio do rio com palco flutuante, um negócio bem diferente, isso aí ainda é um projeto que ainda não está cem por cento concretizado mas que a gente tá estudando pra botar em prática. Em setembro, a gente deve vir de novo com a PUMP Colors, em novembro com a PUMP Black que é um dos nossos maiores sucessos e em dezembro com nosso réveillon PUMP que esse ano foi soldout, sucesso absoluto no Píer do Tropical Hotel. 

A Pump está presente em vários Estados do Brasil, como você administra isso? Tem equipes em cada cidade?

Sim, a Pump está presente em vários Estados e a gente consegue manter isso tudo com pessoas capacitadas, pessoas de confiança que trabalham pra mim, que estão lá me representando em cada Estado. E eu também estou presente em todas as festas, chego uma semana antes do evento, organizo tudo, montagem, parte documental, licenças, etc, eu que faço toda administração via Manaus da contratação dos artistas, pagamentos e etc, e com isso a gente consegue tocar os eventos em outros Estados do Brasil, Norte e Nordeste do país com sucesso e excelência. Hoje nós somos líderes em todos os estados que nós estamos presentes. 

Deixa um recado pra quem pretende entrar nesse ramo 🙂

Se preparem porque isso é pra gente doida! haha Um evento é muita loucura, realmente você tem que trabalhar muito, tem que gostar muito pra fazer isso porque é um grande risco, tem muito evento que dá prejuízo, enfim, é realmente um negócio muito arriscado, muito trabalhoso, muito tenso, então se você realmente tem sangue quente, e loucura na cabeça, você pode sim se tornar um grande produtor de evento assim com eu. 

Gostaram? Bernard já fez história e a PUMP é referência na nossa cidade, né? Tem MUITA novidade pra 2017. Pois é, vamos aguardar!

Posts que você pode gostar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>